segunda-feira, 30 de abril de 2012

Calendário Giras de Terça - feira - Maio

Amigos,

Conforme conversado na semana anterior, teremos gira amanhã, dia 01 de maio, normalmente.

Nesse mês temos duas saudações bem importantes: Pretos Velhos e Santa Sara Kali, padroeira do Povo Cigano.

Como o dia de Santa Sara é mais para frente, no dia 24, mudaremos um pouquinho nosso calendário.

Segue o Calendário:

- 01 de maio - Boiadeiro
- 08 de maio - Caboclo (7 Linhas)
- 15 de maio - Saudação aos Pretos Velhos
- 22 de maio - Saudação ao Povo Cigano - Êres (em aberto, pois podemos fazer em conjunto com o pessoal de quinta).
- 29 de maio - Esquerda

Bom feriado a todos!
Abraços,
Nelly

sexta-feira, 27 de abril de 2012


Maio - Gira de 5ª feira  
(Rogger)

03  Linha do Oriente / Erês
10  Descarrego Oxóssi / Pretos-Velhos (13)
17  Descarrego Ogum  / Esquerda
24  Descarrego Oxossi / Homenagem Gitanos
31  Descarrego Ogum / Oxossi-Obá (30-Sta. Catarina)





segunda-feira, 23 de abril de 2012


Inter-Ações de OGUM


Nossa posição atual no Universo nos permite avaliar o "Grande Plano Terra" com outros olhos.
Pessoas são pessoas, e como digo: de qualquer plano! E serão sempre... de nada adianta atuarmos tão delicidedicadamente para apenas aqueles que não enxergamos.
Nosso Grupo não! Nem haverá qualquer tipo de dúvida quanto à fidelidade ao nosso honrado Comando Superior (Jesus, Arcanjo Miguel, e todas as nossas queridas Entidades), pois nossa essência já está "fundida" à Deles! Disso temos certeza, pois muitas coisas boas têm-nos sucessivamente acontecido.
Penso que hoje temos coragem cósmica suficiente para entender essas pessoas pelas suas buscas, suas vidas, suas dificuldades, e que naturalmente as mesmas insistem em sustentar.
Nada de Milagres. Constantemente aprendemos a respeitar a conquista a outras esferas de pensamento, onde as explicações e justificativas do porque do tudo, da verdade, nos vem à mente mais claramente - e daí já os compreendemos (os milagres). E isso nos demonstra, longe de provocaçõezinhas desnecessárias (sejam quais forem, venham de onde vierem...), que a caminhada à Luz Maior, mais próxima do nosso Eu Superior, ocorre agora cada vez mais leve e ininterruptamente!
Novos Degraus, irmãozinhos! Outros paradigmas no Universo.
Sugestão:
Caros e amados médiuns, aconteça o que acontecer, vamos irradiar como se fosse Luz, e o é, porém com a compreensão de que esta irradiação é na verdade, o ectoplasma para as ações dos Espíritos acontecerem, ao merecimento de cada Ser que nos é encaminhado para orientação (de novo, sejam quais forem, venham de onde vierem...).
Nisso está a Grande Parceria - nós, com o Ecto, pois somos  "capacitados" enquanto nos dedicamos, enquanto aprendemos... Eles, nossos honrados Comandos, com o Universo num constante ajuste.
Estaremos assim, elegendo nossa próxima esfera na Existência. 
Daqui desse plano, sempre com a Força de Ogum.
Ogum-Yê!


       Rgger
   
Tenda do Pai Sete
             "A verdadeira evolução
                           exige renúncias!”

terça-feira, 10 de abril de 2012


Vibração


Os limites impostos pela nossa própria condição vibracional tem por função fundamental nos “proteger” nesse Universo.
Ela está necessariamente ligada ao Eu Superior de cada um e define tudo: merecimento, coragem, projetos e realidades, entre outros diversos fatores.
E é essa “abençoada vibração” que nos permite interagir com Seres afins, tanto fazendo o plano (arrepios em certas situações, olhares trocados, simplesmente, onde muito fora “acertado”, as vezes confundido com “momentum”). Também nos possibilita a ascensão do nosso espírito (evolução incontinenti – contatos com Seres mais evoluídos).
Fatos são muitos os que nos apontam tal entendimento.
Lamentável ser considerado mais o negativismo, onde ainda muitos se condenam pelo poder sobre o autodomínio.

      Sds.,
              Rogger
               TEC7E                   
“A verdadeira evolução
   exige renúncias!”

domingo, 8 de abril de 2012



Olhem que legal o que a Nelly enviou:
 
Visão espírita da Páscoa
(Amílcar Del Chiaro Filho)

O Espiritismo não celebra a Páscoa, mas respeita as manifestações de religiosidade das diversas igrejas cristãs, e também não proíbe que seus adeptos manifestem sua religiosidade.

Páscoa, ou Passagem, simboliza a libertação do povo hebreu da escravidão sofrida durante séculos no Egito, mas no Cristianismo comemora a ressurreição do Cristo, que se deu na Páscoa judaica do ano 33 da nossa era, e celebra a continuidade da vida.

O Espiritismo, embora sendo uma Doutrina Cristã, entende de forma diferente alguns dos ensinamentos das Igrejas Cristãs. Na questão da ressurreição, para nós, espíritas, Jesus apareceu à Maria de Magdala e aos discípulos, com seu corpo espiritual, que chamamos de perispírito. Entendemos que não houve uma ressurreição corporal, física. Jesus de Nazaré não precisou derrogar as leis naturais do nosso mundo para firmar o seu conceito de missionário. A sua doutrina de amor e perdão é muito maior que qualquer milagre, até mesmo a ressurreição.

Isto não invalida a Festa da Páscoa se a encararmos no seu simbolismo. A Páscoa Judaica pode ser interpretada como a nossa libertação da ignorância, das mazelas humanas, para o conhecimento, o comportamento ético-moral. A travessia do Mar Vermelho representa as dificuldades para a transformação. A Páscoa Cristã, representa a vitória da vida sobre a morte, do sacrifício pela verdade e pelo amor. Jesus de Nazaré demonstrou que pode-se Executar homens, mas não se consegue matar as grandes idéias renovadoras, os grandes exemplos de amor ao próximo e de valorização da vida.

Como a Páscoa Cristã representa a vitória da vida sobre a morte, queremos deixar firmado o conceito que aprendemos no Espiritismo, que a vida só pode ser definida pelo amor, e o amor pela vida. Foi por isso que Jesus de Nazaré afirmou que veio ao mundo para que tivéssemos vida em abundância, isto é, plena de amor.


Sds.,
Rogger
TEC7E